Livre_do_ponto

________________________________ \” apenas aqueles que sabem são verdadeiramente livres \”

25º Tempo – Para lá da sala de aula

Posted by LMML em Setembro 28, 2006

C. no final da semana passada pediu, logo no início da aula, para falar comigo no final. Após alguns anos daquela casa, sei que normalmente este pedido tem coisa séria por detrás. Acedi ao pedido – obviamente – e no final da aula, depois de todos os colegas já terem arrumado e saído C. lá veio, timidamente, falar comigo.

– Sabe S’Tor, a minha mãe foi hoje de manhã para o hospital! Fiquei muito preocupado. Não sabemos, lá em casa, se ela irá ficar internada três dias, três semanas ou mesmo três meses. Portanto S’Tor se eu piorar um pouco o meu comportamento ou não participar tanto nas aulas… já sabe… é da preocupação.

[tal e qual assim… quase ipsis verbis] 

 

 

Ontem C. esperou, disfarçando arrumar os seus tarecos, que os seus colegas abandonassem a sala e quase em surdina disse-me:

 – S’Tor afinal a minha mãe já está em casa! Fiquei aliviado… vou voltar a ser o mesmo.

… [nunca o deixaste de ser C…. e também eu fiquei aliviado]

 

 Nota: C. tem cerca de onze anos!

 ___________________________________

 

 “Quando a criança aprende a andar, a mãe não explica, nem demonstra: ela não ensina a andar, ela não representa (não anda diante da criança): ela sustenta, encoraja, chama (recua e chama): ela incita e protege: a criança pede a mãe e a mãe, desejando o andar da criança, chama-a”

Ruben Alves, in Gaiolas ou Asas

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: