Livre_do_ponto

________________________________ \” apenas aqueles que sabem são verdadeiramente livres \”

46º Tempo – Sobre a noção de Escola-Empresa Educativa(?)

Posted by LMML em Outubro 13, 2006

Ao olhar para esta analogia com relativo cuidado, a primeira ideia que surge é a de completa negação do paralelismo escola – empresa. Levando em linha de conta que este paralelismo resulta da aplicação à gestão de um contexto educativo dos princípios básicos definidos e defendidos por Taylor e Fayol, resulta a opinião de que a escola não é negócio, e os alunos não são nem matéria-prima nem produto final e o saber não é ferramenta de produtividade.

 

As escolas são muito mais do que meras instituições ou empresas porque são muito mais complexas social e politicamente – na concepção pura do termo política – . As escolas, principalmente as que se encontram nos grandes centros urbanos e nas suas periferias, são cidades vivas onde encontramos diversas culturas, diversos estratos sociais, diversos factores exógenos e endógenos que Post 46afectam/condicionam o processo de aprendizagem dos alunos. As escolas são lugares de uma heterogeneidade tremenda que não se compadece com uma perspectiva quase mecanizada e mercantilista do processo de ensino e aprendizagem e da construção do saber.

 

Ultimamente, e não só desde as mais recentes alterações ao quadro legal que rege a organização das escolas, temos vindo a assistir, no seguimento do que sucede noutros sectores da sociedade portuguesa, à emergência de uma abordagem neoliberal na forma como se concebe a organização do sistema educativo. Assistindo-se a uma argumentação quase sub-reptícia que parece defender apenas os resultados e a sua leitura como forma avaliativa da eficácia do processo educativo, é possível determinar que, em consequência, estejam a ser criadas situações que, num futuro próximo, implicarão uma maior segregação das populações mais desfavorecidas no acesso ao saber.

 

No entanto, por paradoxal que possa parecer, algumas das noções decorrentes dos princípios de Taylor e Fayol – principalmente deste último -, como: identificação da melhor maneira de realizar tarefas, autoridade e responsabilidade, disciplina, equidade, estabilidade do pessoal e iniciativa são noções que considero importantes e fulcrais na forma como deve ser gerida uma escola, na tentativa de melhor preparar os alunos para a inserção na vida activa e para, com eles, torná-los cidadãos mais intervenientes porque mais informados.

 

Recorrendo à noção apresentada por Lícinio Lima dividindo as opiniões em torno das considerações feitas decorrentes do analogismo escola – empresa ao enquadrá-las segundo três dimensões e uma quarta acrescentada por Jorge A. Costa, inclino-me a considerar como parte integrante dos seguidores daqueles que ”(…) alertando mesmo para os riscos inerentes a essa associação e para as diferenças entre os fins, as pessoas e a produção nos dois tipos de ênfase organizacional (…)1 existirem algumas vantagens neste tipo de abordagem, principalmente no que concerne à definição e cumprimento de objectivos e à rentabilidade das pessoas e dos processos.

 

  1In “Imagens Organizacionais da Escola”

2 Respostas to “46º Tempo – Sobre a noção de Escola-Empresa Educativa(?)”

  1. AS D said

    STOR ESMEROU-SE ! EU ACHO QUE O STOR TEM MUITA RAZÃO!!!

  2. wagna lucia ribeiro martins said

    O texto é muito bom. Mas o assunto é bastante complexo. Que tipo de aluno queremos formar? Qual é a sociedade que queremos? Quais as forças que existem por trás da gerencia das escolas?
    Este é um tema bastante polêmico. No entanto o autor nos dá excelentes pistas para questionamentos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: